A HISTÓRIA DA TECNOGRES

Valdemar Fragnani, um autêntico visionário, notou uma magia no nordeste e com um planejamento empreendedor, acreditou na expansão dos negócios para o estado da Bahia.


Na época, o Sr. Valdemar, já desfrutava da empresa Incefra, localizada em Cordeirópolis - SP e ansiando expansão, apostou na construção de duas unidades, com propostas bastantes diferentes, em Dias d’Ávila – BA.


A primeira, surgiu em 2003, com a nomenclatura Incenor, e foi fundada em 2004, já em operação.


E a segunda, por uma questão de estratégia, foi concedida em 2007 com o nome Tecnogres, proporcionando um conceito diferenciado, com a produção de via úmida.


A Tecnogres acreditou nas raízes baianas, as quais julga muito importante para a formação da cultura brasileira. E através da miscigenação cultural do nordeste, a empresa moldou-se e construiu a sua identidade.


Atualmente, a empresa produz 8.000.000 m²/ano e fornece produtos ensaiados e certificados de acordo com os parâmetros da norma ABNT NBR 13.818, pelo Centro Cerâmico do Brasil (CCB), o qual é um organismo acreditado pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (CGCRE).


A indústria pertence ao Grupo Fragnani, que é formado por quatro empresas: duas no estado da Bahia (Incenor e Tecnogres) e duas no estado de São Paulo (mineradora Água Branca e cerâmica Incefra).


As marcas desenvolvem produtos com formatos mais adequados, maior velocidade de aplicação, melhor estética de assentamento e menores perdas.



Política de Qualidade


O Grupo Fragnani atua no setor da construção civil, fornecendo placas cerâmicas esmaltadas e porcelanatos esmaltados, que atendem as necessidades e expectativas de nossos clientes, tendo como princípios básicos:


- Relacionamento com clientes;


- Parceria com fornecedores;


- Envolvimento e capacitação dos colaboradores;


- Comprometimento com o atendimento dos requisitos e com a melhoria contínua nos produtos e processos, garantindo a eficácia do sistema de gestão da qualidade.